segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Sick - Para Uso Recreativo

Foto: Olívia Franco

Sick é um quarteto de Uberlândia e criadores de algumas melodias subliminarmente sublimes, sem vocais. Agora, pessoalmente, eu posso lutar com a música instrumental, não devido à necessidade de ter algo para cantar, mas em si é um instrumento que sempre acrescenta uma camada vital à música.

Felizmente, Sick é muito bom e faz todo o aspecto "instrumental" maravilhosamente, devido a várias razões. Eles têm uma encantadora mistura delicada de complexidades entre guitarras e eles levam uma eternidade para chegar lá. Não existe uma dinâmica muito lenta no seu som, pois, em vez disso, Sick vai de um lado para o outro com a emoção sempre resplandecendo em tudo. Mesmo com as duas faixas " Le Pont " e " Gonda " sendo bastante longas (a primeira beirando oito minutos), elas não ficam evasivas; Um empecilho comum com post-rock instrumental.

O novo trabalho da banda é iminente – Para Uso Recreativo foi lançado no dia 18 de agosto - e estamos muito satisfeitos em compartilhar com você hoje. Conduzido por um brilho de guitarra discreto e instantaneamente evocativo, produzindo um tributário impressionante e sensível no mesmo momento em que você espera que tudo pareça realmente decolar. Um momento indelevelmente bonito com o toque gracioso e a intensidade ardente de Explosions In The Sky na sua forma mais refinada.

Tão cheio quanto esperamos, o disco é uma seta ardente, muitas vezes jubilosa, de math post-rock que rasga seus minutos com melodias ricas e radiantes e uma proposital e florescente energia que quase não quer deixa você cair para baixo. 

Um comentário: