sexta-feira, 11 de agosto de 2017

BIKE lança clipe de A Divina Máquina Voadora com imagens da turnê pela europa

Foto: Prema Goet

Como o nome sugere, a banda BIKE é viajante. Desde o lançamento do álbum de estreia, “1943” , o grupo fez mais de 100 shows em 15 estados brasileiros - entre festivais de grande porte e shows em pequenos palcos - enquanto chamava atenção da mídia nacional e internacional (com o lançamento da música "Enigma do Dente Falso" pelo selo 30th Century Records,​ do produtor Danger Mouse). Com Em Busca da Viagem Eterna (2017), segundo disco da carreira, BIKE pedalou mais longe rumo à primeira turnê internacional: foram 15 shows entre 4 países da Europa, incluindo duas apresentações no prestigiado festival Primavera Sound, em Barcelona. De volta ao país, eles se apresentam no teatro do Sesc Belenzinho, em São Paulo, no dia 18 de agosto, às 21h, mostrando as faixas do último trabalho.

Ainda com os pés na psicodelia, mas explorando mais o lado rock (junto aos já reconhecíveis chilling mantras), “Em Busca da Viagem Eterna" traz uma sonoridade sensorial e leva o ouvinte a uma viagem cósmico-caótica, guiada por letras lisérgicas, guitarras reverberadas e cheias de delay. Durante a construção do álbum, um processo mais colaborativo também guiou a viagem da BIKE. “Tudo foi feito muito rápido, durante a estrada… Cada um ia mostrando o que ia fazendo e, quando dava, rolavam algumas jams”, diz o guitarrista Diego Xavier. Das experiências nasceram canções como “Enigma dos 12 Sapos” e “A Divina Máquina Voadora” - faixa que acaba de ganhar videoclipe gravado durante a turnê europeia.

Entre Portugal, Espanha, Escócia e Inglaterra a banda captou imagens de momentos singulares. “Estávamos curiosos pra saber o que achariam do nosso som em outros países e, também, pra conhecer culturas diferentes. Felizmente, tivemos um feedback positivo por cada lugar que passamos”, afirma o vocalista e guitarrista Julito. Dentre os destaques da turnê, Julito cita a receptividade no Reino Unido, onde conseguiram se sentir dentro de uma cena: “A mesma galera que produziu nosso show tinha feito o show dos australianos do King Gizzard and the Lizard Wizard um dia antes, foi realmente empolgante. Bristol também é incrível e tem muita banda boa saindo de lá, além de selos e festivais”.

A faixa escolhida para ilustrar o vídeo, “A Divina Máquina Voadora”, trata não só da magia de conhecer novos lugares, mas dos prazeres de retornar. Só quero ver onde vai dar/ Ir para bem longe/ Mas voltar. As imagens foram captadas por todos os integrantes da banda de seus telefones celulares, e editadas por Diego Xavier. Para o espetáculo do Sesc, além das músicas de “Em Busca da Viagem Eterna”, algumas faixas do "1943" serão apresentadas. A banda também irá se transformar em um sexteto especialmente para o show, contando com a presença da instrumentista, que assume uma terceira guitarra, Gabriela Deptulski (My Magical GLowing Lens) e das teclas de Danilo Sevalli (Hierofante Púrpura). Os próximos planos? “Faremos shows no ES, MG e várias cidades do Nordeste entre agosto e setembro, e seguiremos pelo Sul do país e interior de SP até dezembro, encerrando a turnê pra começar a gravar os novos trabalhos”. 2018 terá rodas.​

Foto: Luz Vermelha

Nenhum comentário:

Postar um comentário