sexta-feira, 23 de junho de 2017

Duo de dream pop aborda machismo em novo single




























Campinas, junho de 2017 – O duo de dream pop S.E.T.I., formado por Roberta Artiolli (voz e synths) e Bruno Romani (baixo, guitarra e programação) está de volta com o single “O Ilusionista”. Com nuances eletrônicas, a música trata das formas sutis assumidas pelo machismo em meio a atitudes aparentemente inofensivas.

“Parece zelo, parece preocupação, parece cuidado, mas na verdade é opressão da mulher. ‘O Ilusionista’ aponta para o machismo velado que "caras de bem" praticam o tempo todo”, diz Roberta. 

“O Ilusionista” foi gravado como parte do projeto Original's Studio da marca de roupas Levi's, que selecionou 16 bandas (oito de São Paulo e oito do Rio de Janeiro) para registrar músicas inéditas em estúdio -- uma votação pública também determinou a participação do S.E.T.I. no evento “Casa Levi’s” em São Paulo. 

A importância de “O Ilusionista”, porém, vai além do projeto. A música é também o primeiro single do próximo álbum da banda, com previsão de lançamento para o segundo semestre de 2017.

O último trabalho de estúdio do S.E.T.I. havia sido o EP “Êxtase” (2015), que rendeu elogios à dupla e que figurou em listas de melhores do ano. Além do espaço em sites e blogs de música, a divulgação do disco resultou em uma turnê de 33 datas por cinco estados diferentes.  

Origem
Formado em 2012, o grupo tirou seu nome da sigla em inglês para “Search for Extraterrestrial Intelligence” (busca por inteligência extraterrestre), utilizada para projetos e pesquisas sobre a vida fora da Terra. “A sigla representa bem o nosso interesse por aparatos tecnológicos e a busca por um tipo de som moderno”, diz Bruno.

Entre as influências da dupla estão Depeche Mode, A-ha, Massive Attack, Portishead, Garbage, Muse, Radiohead e Nine Inch Nails.

Nenhum comentário:

Postar um comentário