quinta-feira, 9 de março de 2017

ORCHESTRA BINÁRIA - EP#02




























Após um hiato de quatro anos, a Orchestra Binária lançou seu segundo trabalho no dia 21/11/2016. Intitulado “EP#02”, a obra exibe cinco músicas, assim como em seu antecessor "EP#01", de 2012. O grupo formado na Cidade de Deus, periferia da cidade do Rio de Janeiro, novamente apostou na distribuição das etapas e das tarefas que envolvem a produção de um disco independente.

Como expressão de progresso, em particular dos fundadores Dutra, Silva e Oliveira, nota-se as contribuições como as do produtor musical, conceituado na cena independente do Rio de Janeiro, Emygdio Costa (Sobre a Máquina / Fábrica / Anganga / Juçara Marçal), da artista plástica Carolina Ochotorena que assina a arte visual do EP e que dá contribuição vocal à primeira faixa do disco e do escritor e poeta da Baixada Fluminense, Brayan Carvalho, que volta a somar com a apresentação textual que conceitua e posiciona artisticamente o trabalho proposto pelos músicos.



A banda permanece buscando nesse EP#02 uma fusão entre o Samba-Rock de Jorge Ben, o Funk Carioca da periferia e as influências do Radiohead. Há também referência ao Afrobeat de Fela Kuti e as guitarras de Sonic Youth.

Após as devidas apresentações, é necessário dizer que a história da Orchestra Binária se repete, quanto a realização de sua própria obra - sempre contando com o trabalho em conjunto para a concretização plena de sua arte, assim como destacar a importância das participações, que foram essenciais para a (re) construção da identidade e (re) organização do conceito artístico da banda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário