terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Ambição melódica, liberação emocional, complexidade rítmica, intensidade e experimentação atonal no primeiro registro da Algarobas

Foto Caio César

Em um mundo transitório como a música, a banda Algarobas de Juazeiro do Norte/CE, concentra-se na criação de momentos duradouros com o seu rock experimental e músicas progressivas.  O grupo implementa elementos de rock experimental, a sequenciação eletrônica, dinâmica de banda ao vivo, e synth pesado com belas linhas de guitarra.

A quantidade de movimentos suaves, sangrando através de A estrada é longa e o caminho é deserto  bate no corpo através de uma mistura pulsante e dinâmica. Elegantemente pensadas e expressivas estão canções como ‘’Cores’’, ‘’ Poema de comer ‘’ou ‘’Muitos e podem voar’’, onde as batidas vibram juntas em uma tempestade de euforia melódica e eletrônica. 

A grande sacada inteligente encontrada dentro do primeiro EP mostra uma banda suficientemente inteligente para saber o seu som e como dobrar o talento individual diretamente no ponto de ruptura. Tudo começa com uma melodia saltitante, transcendental que transpira progressões vertiginosas com cadências delicadas e uma inquietação por cima. Algarobas  é um projeto cheio de ambição e deslumbrante consciência melódica, envolto em um flâmulas de seda que felizmente cavalgam sobre as ondas do ar.

Download do disco AQUI 

Um comentário:

  1. Que texto massa, feliz de mais de saber que você gostou, grato mesmo pelas palavras.

    ResponderExcluir