sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Cosmos Amantes dilui rock e psicodelia no novo Superdose






































O programa Superdose retoma a missão de retratar novas bandas independentes e autorais. A temporada 2016 estreou na última semana, com Laura Lavieri em uma versão exclusiva de Quando Alguém Vai Embora, primeiro single solo da cantora. O segundo episódio do Superdose traz as melodias lisérgicas da Cosmos Amantes.

A banda traz ao Superdose a música Canto do Mar, segundo registro oficial lançado pelos cariocas. Com um ano de atividade celebrado neste mês de setembro, um EP a caminho e shows no eixo Rio-São Paulo, a Cosmos Amantes vem amadurecendo boas acolhidas, tanto da crítica quanto do público.

Unidos por mantras, meditações e sessões de improviso, os cariocas criam os sons atmosféricos de maior destaque do cenário independente no momento. Dos seus registros, abstrai-se uma conexão direta com a atmosfera psicodélica e space rock setentista.

Lê Almeida e Clara Cosentino são as vozes e as guitarras distorcidas das produções. Poliana Pieratti contribui nos vocais e conduz os teclados. Vinícius Portella comanda a bateria, enquanto o crítico musical reconhecido por trabalhos no Multishow e no Tenho Mais Discos Que Amigos, Guilherme Guedes, representa a Cosmos Amantes no baixo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário