quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Trio Paulista MudHill lança Lyric Vídeo do novo Álbum "Expectations"


























Por: Jair Naves

"EXPECTATIONS", o nome do LP de estreia do trio paulista Mudhill reflete bem o longo processo de realização desse trabalho, o primeiro álbum da banda, chega a público depois de um período de gestação de aproximadamente dois anos. E, após tanto tempo de preparação, as expectativas em torno desse registro não poderiam ser mais altas.

Dito isso, a vitalidade e a urgência das canções nos faz esquecer que se trata de um trabalho de quase veteranos. Podemos encarar esse novo trabalho como o auge criativo e musical dos artistas aqui envolvidos. Ainda que possa ter apelo maior junto aos interessados no que se convencionou chamar de "indie rock""post hardcore" ou coisa que o valha, seria um erro reduzir o potencial de "Expectations" a um nicho específico de ouvintes. As doze faixas impressionam pela maturidade dos arranjos, pelo esmero na parte técnica, pelas boas letras em inglês e, especialmente, pelas inacreditáveis performances vocais dos cantores. São raras as bandas de rock brasileiras que tem em seu vocalista seu ponto forte em termos musicais; o fato do Mudhill poder contar com duas vozes tão boas em sua formação é quase um pequeno milagre, algo a ser verdadeiramente celebrado. 

No momento em que acontece um certo revival da cena noventista brasileira, com o retorno ao palco de nomes como Pin Ups e Second Come, o timing para o lançamento de "Expectations" não poderia ser melhor. Trata-se de um álbum que recupera a herança desses pilares do cenário independente, mas que não se resume ao saudosismo e aponta para novas possibilidades sonoras, musicais e líricas. 

Temos aqui um dos discos de rock mais empolgantes dos últimos anos feitos no país. Agora é torcer para que tenhamos logo a chance de ouvir essas músicas ao vivo. Que seja logo. 

Sobre a banda: 

Nascida na capital paulista no início de 2013 em SP, a Mudhill é Zeek Underwood (guitarras e voz), Ali Zaher (baixo e voz) e Rodrigo Montorso (bateria) são músicos já conhecidos no circuito independente de São Paulo: Zeek fundou e liderou o Shed, fez parte da formação clássica do Ludovic e contribuiu com diversos outros nomes marcantes do underground brasileiro, como Single Parents e Fire Driven. Ali tocou em diversas bandas no interior paulista, excursionou pela Europa com o Eletrofan e fez parte da formação de reunião do Reffer, patrimônio do hardcore nacional da última década. Montorso também deixou sua marca pelos palcos subterrâneos da capital paulista com o Smalls. Ou seja, embora tenhamos aqui uma banda nova, seus integrantes estão longe de serem iniciantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário