quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Transtorninho Records - Lançamento #12 - "Amandinho - Rugby Japonês"‏
































Por Fred Zgur

Antes de mais nada, é preciso dizer que os meninos da Amandinho são alguns dos meus melhores amigos. Coincidentemente, hoje, 11 de novembro de 2015, dia de lançamento do Rugby Japonês, faz um ano que fui à Recife pra um lance de faculdade e tive o prazer de conhecer Felipinho, Danilo e João (infelizmente o Smhir não estava nesse dia). Foi amor à primeira vista.

De qualquer forma, a grande conquista desse álbum talvez seja mais a maneira que ele foi feito do que pela sua sonoridade em si. Um disco cheio, com 11 faixas e 50 minutos, completamente gravado, mixado e masterizado em casa, com pouca ou nenhuma grana, comprovando de uma vez por todas aquela máxima já testada pela gorduratrans e que orienta todos os trampos do Lê Almeida: "a gente tinha um monte de música pra gravar e não tinha grana pra estúdio, daí fizemos em casa mesmo, no nosso quintal, na nossa garagem". É o faça você mesmo acima de tudo, não importa se não vai ficar "profissional", o importante é fazer.

Quanto à sonoridade, permanece o punkinho do EP de estreia "Coisas Novas São Assim", coisa de quem ouve muito Joyce Manor e Open Letters, com momentos de guitarrada shoegaze e os solinhos J.Mascianos que fazem deles o Dinosaur Jr. jovem. As letras são sobre aquela angústia de quem tem 20 e poucos anos, ainda não saiu da faculdade e não sabe muito bem o que quer da vida, e sempre sente muita saudade de tudo.  

"Rugby Japonês" tem esse nome porque os meninos estavam na casa de um amigo que os recebeu em Natal durante uma mini turnê pelo nordeste, e assistiram juntos o tímido Japão bater a poderosa África do Sul na primeira partida da copa do mundo de rugby desse ano. Esse disco é a vitória do pequeno Japão, é a morte ao falso metal, é a sagração de que o punk torna as coisas possíveis, não importa da onde você é, se você tem grana ou não, nem se você sabe tocar. Apenas faça você mesmo.

OUÇA E BAIXE GRATUITAMENTE:

Nenhum comentário:

Postar um comentário