sábado, 31 de outubro de 2015

JUÇARA MARÇAL & CADU TENÓRIO: “ANGANGA”


A cantora Juçara Marçal e o músico e experimentador carioca Cadu Tenório apresentam "Anganga", reinterpretações contemporâneas de vissungos recolhidos por Aires da Mata Machado Filho em São João da Chapada, município de Diamantina (MG) —, além de cantos do Congado Mineiro.  

Anganga é a entidade suprema do povo banto (“Anganga Nzambi”). A palavra consta do canto do congado “Grande Anganga Muquixe”, cujos versos indicam reverência àquele cuja “gunga não bambeia”, o mestre, o mais velho. Trata-se de uma expressão que diz respeito à reverência ao passado.  

Os Cantos II, III, VI e VII, presentes neste álbum, são vissungos (cantos de trabalho) recolhidos por Aires da Mata Machado Filho na década de 1920. Filólogo e linguista, Machado registrou 65 partituras desses cantos no livro "O Negro e o Garimpo em Minas Gerais".  

Em 1982, Aires autorizou a gravação de catorze deles no álbum "O Canto dos Escravos", interpretados pelas vozes de Clementina de Jesus, Geraldo Filme e Tia Doca da Portela.  

“Eká” e “Taio” são composições de Cadu Tenório com a colaboração de Juçara Marçal.


Nenhum comentário:

Postar um comentário