domingo, 20 de setembro de 2015

Ouça o novo EP da dupla de synthpop S.E.T.I.

Foto: Thiago Vilha / Rebecca Oliveira
Há um sentimento de admiração no S.E.T.I, um sentimento familiar de nostalgia misturado com calmantes synthpop que atravessa o EP de seis faixas que soa mais como um precioso artefato gerado em sequencia 2012/2015, sem se perde no mar inchada da música moderna. No topo da produção estelar cada faixa é trabalhada para ser pessoal e identificável, tornando o duo um casal profundamente comovente. Com tudo o que se tem feito na música indie nacional, é fácil falar sobre as pequenas nuances que apimentam um lançamento de uma forma doce, mas sem perde a crueza e distanciamento entre si.

S.E.T.I tem muito em comum com os novos grupos  dos anos 80 e os artistas Chillwave do final dos anos 2000's, e ao mesmo tempo é quase uma armadilha comparado aos tradicionais nomes de gêneros como trip hop e dream pop, isso não os torna menos tradicionais ou interessantes. Há um senso de ironia nos sintetizadores e vocais mais otimistas solenes que realmente se fundem em conjunto para realmente fazer o EP mais envolvente, melancólico e divertido de se ouvir (claro, se isso for possível).

Roberta Artiolli e Bruno Romani  realmente sabem como brincar com sons amplos e vocais pessoais, o que torna o duo um favorito para circular pelas listas de melhores do ano já. Mesmo que o sentimento enérgico provocado pelas duas primeiras músicas diminua um pouco no final, Êxtase ainda é grande para se ouvir. S.E.T.I traz um som que é altamente reminiscente de uma era passada, mas não deixa de ser bonito e pensativo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário