sexta-feira, 31 de julho de 2015

Maglore faz show de lançamento do álbum "III" no Auditório Ibirapuera dia 02 de agosto

Foto: Azevedo Lobo
A turnê de lançamento de III (Deck), do grupo baiano Maglore, aterrissa no Auditório Ibirapuera no dia 2 de agosto, domingo, às 19h. Canções que mesclam rock, MPB e pop, combinados com letras de apurado trabalho poético, são apresentadas pelo trio Teago Oliveira, na guitarra e voz, Felipe Dieder, na bateria e percussão, e o novo integrante Rodrigo Damatti, no baixo.

No show de lançamento, eles apresentam todo o repertório de III, bem como sucessos do segundo CD Vamos pra Rua. As participações especiais, que já são parcerias musicais consolidadas em shows e projetos anteriores, são o guitarrista da banda de indie rock Vanguart, Helio Flanders, com os seus teclado, guitarra, violão e voz, e Leonardo Marques, que pré-produziu o disco e faz parte de duas faixas, Tudo de Novo e O Sol chegou, com teclado, guitarra percussão e backing vocal.
  
O terceiro álbum de Maglore traz 11 músicas que chamam a atenção pela poesia das letras, compostas em sua maioria pelo guitarrista e cantor Teago. O baixista Rodrigo também colabora com composições, como Serena Noite e Tudo de Novo.Mantra, cujo videoclipe no Youtube já tem mais de 50 mil visualizações, é outro destaque pelo tratamento singelo e sensível que dá a questões introspectivas. Temáticas de amor também são frequentes, apresentadas com uma roupagem mais animada, como em Se Você Fosse Minha, ou nas românticas Dança Diferente e Aconteceu.

A entrada de Rodrigo no Maglore, bem como a saída do tecladista Léo Brandão, conferiu a formação de power trio ao grupo, trazendo novas possibilidades de instrumentação muito bem aproveitadas em III. Os arranjos garantem a coesão estética do disco, pré-produzido em um processo de imersão de duas semanas em uma fazenda no interior de São Paulo, e valorizam a simplicidade. As faixas foram gravadas ao vivo em fita de rolo, processo analógico que confere às músicas um tratamento diferenciado, escolha que reflete o cuidado artístico com o trabalho.

A banda Maglore surgiu em Salvador, em 2009, originalmente no formato de quarteto, com Léo Brandão no teclado e Nery Leal no baixo. Lançaram naquele ano o EP Cores ao Vento, e passaram a tocar em concursos e festivais baianos. O sucesso das canções levou à gravação do álbum Veroz, considerado uma revelação em 2011 pelo jornal O Globo e indicado ao Prêmio da Música Brasileira no ano seguinte. Os videoclipes de duas músicas de VerozA Sete Chaves e Demodê, entraram na programação dos canais MTV, Multishow e Play TV. O segundo projeto, Vamos pra Rua, foi lançado em 2013 e conta com participação especial de Carlinhos Brown e Wado.

Os integrantes da banda vieram para São Paulo em 2012, em busca da consolidação artística já alcançada na Bahia, e passaram a morar juntos, dando ao grupo uma unidade musical ainda mais rebuscada. Rodrigo, o novo integrante, adicionou ao trabalho desenhos melódicos no baixo, que chamam a atenção. “A entrada dele na banda foi muito natural, porque já tocava com o Felipe no Cerveja Café, que hoje não existe mais. Não o colocamos para suprir uma saída, ele praticamente já era da banda”, explica Teago. Sobre o disco novo, ele diz: “Escolhemos o nome III não só por ser o terceiro da nossa trajetória, mas também por termos nos tornado um trio. Passamos por um processo de transformação muito grande, e o número três tem uma relação cabalística com isso”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário