quarta-feira, 17 de junho de 2015

Quarto Negro lança segundo disco, Amor Violento | O disco é esperançoso e cercado de saudosismo

Foto: José Menezes
O duo Eduardo Praça e Thiago Klein formaram o Quarto Negro em 2009 e desde então lançaram dois EPs e o aclamado álbum "Desconocidos", gravado em Barcelona, Espanha. Após ser considerado pela imprensa brasileira como um dos melhores discos do ano de 2011, a banda decidiu realizar uma turnê pelo Brasil e se distanciar por um tempo dos estúdios. Em 2013, começaram a trabalhar em "Amor Violento", álbum que foi lançado no primeiro semestre de 2015 com o documentário PDX-GRU, que mostra filmagens da gravação da dupla num estúdio em Portland e diversas bandas da cena da cidade americana.

Eles consideram que o tempo entre os discos foi necessário. “Foi um processo feito com muita calma e grande respeito às composições”, conta Thiago. Essas composições são onze, e serão acompanhadas de um documentário em longa metragem. GRU-PDX será lançado logo após o álbum e mostra a viagem e rotina de gravações no Oregon. A direção é do “integrante honorário” Daniel Barosa.



A gravação levou cerca de um mês e conta com participações especiais de Benjamin Weikel da banda Helio Sequence (Sub Pop Records) na bateria, Justin Harris da Menomena no baixo, além da ajuda de Kathy Foster dos Thermals. A sonoridade do novo trabalho remete a artistas como Grizzly Bear e Wilco, um trabalho sônico, com bastante brilho e consistência.


Ouça o segundo disco do Quarto Negro, ‘’Amor Violento’’

Nenhum comentário:

Postar um comentário