sábado, 11 de abril de 2015

Fukai lança seu primeiro disco com clima ensolarado e levemente nebuloso


Formada em agosto de 2012, a Fukai mistura rock clássico, experimental, progressivo, pop, funksoul e psicodelias. E embora as letras sejam cantadas em três idiomas (português, inglês e espanhol), a maior influência da banda é o cenário de música brasileira dos anos 70. 


No recém lançado "Abaeté" (março/2015), o grupo reúne dez faixas que bebem na fonte de nomes consagrados da música tupiniquim setentista, como Milton Nascimento e Clube da Esquina, Mutantes, A Cor do Som, Alceu Valença, Ave Sangria, entre outros. "Essa influência inclusive foi decisiva para a escolha do nome do disco em tupi-guarani", explica o vocalista e guitarrista da Fukai, Rodolfo Almeida. Abaeté significa "homem bom, verdadeiro, de palavra".


Abaeté é o primeiro álbum completo da Fukai. Até então, o único registro da banda era o EP "Era Aquario", que foi gravado e produzido pela própria banda. E com esse EP, vale dizer, a banda já tocou em alguns festivais pelo Brasil, incluindo Psicodália (SC), Morro Stock (RS), Música Alimento da Alma – Mada (RN) e Festival DoSol (RN).

Baixe o álbum AQUI 

Nenhum comentário:

Postar um comentário