sábado, 21 de fevereiro de 2015

Microndas - Um forte e insistente contratempo e uma melodia cativante


Microndas é uma banda que se estruturou em 2013 para expor ideias antigas de 4 amigos de São Bernardo do Campo – SP. Inspirados no rock alternativo que cresceram ouvindo nos anos 90, eles compõem, poetizam, gravam e produzem os próprios álbuns, que apresentam uma estética original e ao mesmo tempo reminiscente.
Sua formação traz Samurai no baixo, Fumaça na bateria e voz, César na guitarra e voz e Edson na voz e guitarra, todos oriundos de outras bandas independentes e autorais, que se encontraram pela identidade sonora e pela expressividade das letras do Microndas.



Microndas - por Edson, Maio de 2013.

Em dezembro de 2006 fui morar sozinho, num bairro afastado (Demarchi- SBC) do meu originário (pombal, Hollywood – SBC), ou seja, fiquei sem amigos. Optei por ficar também sem TV e sem micro durante esses três anos. Foi uma opção e uma experiência excelente. Eu fui fazendo uns sons para tirar uma onda da minha situação. Assim, o Microndas é um não projeto de banda, baseado na música que cresci ouvindo nos anos 90 e que me faziam companhia em dias de solidão. Fui tocando e escrevendo bem simples e lento (2007-2010), registrando num mp3 player. Num dos finais de semana em que eu visitava minha namorada na capital, descobri no micro dela um programinha que permitia gravar em faixas. Registrei uns 15 sons nesse estilo e fui fazendo outros novos, sem pretensão. Mas aquilo foi me incomodando depois de um tempo, eu precisava botar pra fora. Em maio de 2012, numa conversa informal no estúdio Bamboo, meu amigo Fumaça viu a possibilidade de gravarmos num horário ocioso de um outro estúdio sem custos. Valorizando o espontâneo, gravamos quase tudo de prima. Eu tocava o som na guitarra, o Fumaça desenvolvia uma batera e REC. Eram três sons por sessão, gravando na seguinte ordem: bateras, guitarras, voz, baixos. Como dependíamos da disponibilidade do estúdio, esse processo foi de julho a novembro, durante as manhãs, em dias de semana. Ficou faltando o baixo de dois sons e finalizar a mix em fone, já que o estúdio foi vendido. A partir das gravinas, achei interessante subir pra galera ouvir, só. Mas o Fumaça botou pilha pra tocarmos. Ele mostrou o som pra uns comparsas e o Samurai gostou da ideia de tocar baixo. Em 08 de março de 2013 me surpreendi ouvindo os sons ao vivo, durante o primeiro ensaio com a seguinte formação: Edson (guitarra e voz), Samurai (baixo), Fumaça (batera e voz). Hoje contamos também com o César na guitarra, que ouviu um pedacinho de alguns sons e também entro no barco. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário