quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Ouça - Mai Momonuki : Voz doce e suave com pegada Bossa' n Roll


Nascida em Paragominas-Pa, Maí Momonuki mudou-se para Alagoas, onde viveu nos municípios de Olho D’água das Flores, Palmeira dos Índios e Arapiraca. Em Alagoas, a cantora concluiu o curso de Direito e teve seu primeiro contato com a música, através de artistas locais. Aos 16 anos, aprendeu os primeiros acordes de violão. Aos 17 anos montou um projeto de música popular com alguns amigos. Aos 20 anos formou o projeto musical de rock japonês, ou J-Rock,chamado Momonuki-San”. Nesse interim, conheceu novos artistas nordestinos, frequentando rodas de violão, passando a compor suas primeiras canções, como “Libelinha Blues”. 



Em 2010 começou a trocar experiências com pessoas de várias cidades. Através dessas experiências, conheceu músicos e produtores que se tornaram parceiros, como o paulista Harã Lemes, que participou das gravações de “Libelinha Blues”, “Quer Saber” e “Vento Mormaço”, sendo esta última,  uma composição Paulinho Moura e Dudu ( ambos artistas paraenses.  
Em 2012 formou uma banda pela internet, chamada “Across The Universe”, e participou das seletivas do CCAAFest. Em 2013, participou das seletivas do Terruá Pará, em Belém.  
Em Paragominas, Maí Momonuki organiza eventos culturais, como o Bossa’nRoll, PGM AnimeClub e é parceira da Associação de Enxadristas. 



A cantora pertence a uma geração Bossa’nRoll, por não seguir propriamente um único estilo. Suas composições possuem influência em rock, bossa nova, samba, blues, entre outros. Maí Momonuki demonstra interesse pela fusão de ritmos, sem perder de vista sua própria identidade.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário