segunda-feira, 21 de julho de 2014

O Grande Ogro - Quatro contos de fadas

Embora o Rock seja amplo e rico: Possui uma grande gama de sub-gêneros com vários tipos de instrumentais, melodias e andamentos, o rock instrumental [ainda] carrega uma certa resistência do público, e muitas vezes é mal visto, mal interpretado e mal ouvido. O Brasil sempre teve grandes artistas na música instrumental, mas em se tratando do rock, a quantidade e qualidade de bandas surgidas, (uma safra rica e apetitosa), é um fenômeno que precisa ser falado e compartilhado.

Formada em 2011, O Grande Ogro é uma banda instrumental se São Paulo, formada por Cesar Jacó, André Astro e Genésio Alves. O trio possuí um EP autointitulado, gravado entre 2012 e 2013 com 4 faixas que mais parecem um ataque sonoro, uma imposição caótica, um misto de Faça você mesmo ou Foda-se sozinho.

''De rodear a terra e passear por ela justamente, um mito, construído pela cultura da humanidade e pelos pais fundadores da humanidade, mais que modernidade? Trabalhando em cima de uma expressão musical onde a exploração dos instrumentos são mais importantes que a exposição dos músicos, não abstraímos ideias, mas às recebemos, nós não recebemos ideias dos sentidos, mas imagens. Os cinco sentidos são materiais e na percepção, como é evidente, recebem espécies materiais sensíveis a criatividade como oficio e a loucura que nossos sentidos não são suficientemente agudos para perceber até os menores detalhes dos corpos e obter-nos uma representação de seus efeitos mecânicos. Jamais poderemos estar seguros de que estes experimentos dêem, ao se repetir em outras circunstâncias, absolutamente o mesmo resultado, temos que nos contentar em permanecer na dúvida sobre suas qualidades e modos de atuar, sem nunca ir mais além do que nos revelam nossos diversos experimentos....''
      
      




O EP soa cru e desinibido do começo ao fim, talvez pelo fato de ter sigo gravado AO VIVO e na tora.
Desarticulação organizada e etéreo, trazendo uma bela dinâmica para a sonoridade do grupo. Livre dos vocais, o trio se concentra na abertura apurada de texturas pesadas, fazendo com que ''Metal Frio'', a faixa mais curta do disco, apareça com riffs pesados e uma imensa referência com bandas como: Fugazi, The Mars Volta, Helmet, Refused e por ai vai..  Um mar de andamentos que flutuam por entre os tímpanos do ouvinte, colocando mais sobrevida ao belo trabalho desses ogros fofos e furiosos.

Baixe AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário